[Dicas] - 9 Dicas de segurança para computadores Linux

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Dicas] - 9 Dicas de segurança para computadores Linux

Mensagem  Snuffy em Ter Jul 08, 2008 6:45 pm

9 Dicas de segurança para computadores Linux



De origem, um PC Linux é muito mais seguro que a maioria dos outros.
No entanto, este nível de segurança não é necessariamente alcançado através de programas de software ou técnicas. Por vezes, os meios mais simples de segurança são os que são mais fáceis de esquecer.
Pode achar estas sugestões puro senso comum, mas poderão ser meios de segurança com os quais nunca sonhou. Se é um novo utilizador de Linux, estas dicas são um excelente lugar para assegurar que a sua experiência Linux será a melhor.
Aqui estão 9 dicas de segurança para computadores com Linux:

1. Bloquear o ecrã e fazer logout é importante
Muitas pessoas esquecem-se de que Linux é um sistema multi-utilizadores. Por isso, pode fazer log-out e outros utilizadores podem entrar. Logo, logout após usar o computador é bastante útil. É claro que logout não é a única opção. Se for o único utilizador do sistema, basta bloquear o ecrã. Bloquear o ecrã significa que será necessária uma password para voltar a usar o computador. A diferença é que, aqui, programas e aplicações continuarão a correr, mesmo com o ecrã bloqueado.

2. Esconder ficheiros e pastas
Na terra do Linux, ficheiros e pastas escondem-se adicionando um '.' antes do nome; por exemplo, um ficheiro chamado 'teste' irá aparecer do gestor de ficheiros, mas '.teste' não irá. A maioria das pessoas não sabe que correr o comando 'ls -a' vai mostrar ficheiros e pastas escondidas.
Por isso, se tiver pastas ou ficheiros que não quer que ninguém veja, simplesmente adicione um ponto no inicio do nome do ficheiro. Na linha de comandos será algo como 'mv teste .teste' .

3. Uma boa palavra-passe é obrigação
A palavra-passe num PC Linux é a chave de ouro. Se dermos essa palavra-passe a algu+em, ou se usarmos uma palavra-passe fraca, a nossa chave de ouro pode-se tornar a chave de ouro de todos. Para terminar, a password deve ser forte. Existem vários geradores aleatórios de palavra-passe que podem ser usados para ajudar neste ponto.

4. Instalar programas de partilha de ficheiros é sempre arriscado
Muitos utilizaodres Linux são aptos à partilha de ficheiros. Se quer correr esse risco em casa, é consigo. Mas no trabalho ou escola, não se está a abrir o acesso simplesmente à nossa sessão, mas a todos os ujtilizadores daquele computador. Como regra, não instalar ferramentas de partilha de ficheiros.

5. Fazer updates regulares é inteligente
Linux não é Windows. No Windows, apenas há updates de segurança quando estes são libertados pela Microsoft, o que pode demorar meses. Com Linux, um update de segurança pode aparecer minutos ou horas após a falha ter sido descoberta. Em ambos, Gnome e KDE, existem aplicações que gerem os updates. O recomendado é deixá-las activas. Os updates de segurança têm uma razão para existirem.

6. Instalar anti-vírus é na realidade útil em Linux
Acredite ou não, protecção anti-vírus tem os seus usos no Linux. É claro que os problemas relacionados com vírus em Linux são praticamente nulos. Mas, por exemplo, e-mails mandados para máquinas Windows poderiam causar-lhes problemas. Um bom anti-virus, como o ClamAV, pode verificar que nada que possa causar problemas ao Windows saia para fora.

7. Criar a pasta /home numa partição diferente é mais seguro
Por pré-definição, a pasta /home vai directamente para a raíz do sistema. Isto está certo, mas, se por acaso, alguém ganhar acesso à máquina sabe de origem onde estão os ficheiros pessoais, e, álem disso, caso haja algum problema com o disco rígido, há menos probabilidades de se perderem os ficheiros pessoais.

8. Usar um sistema de desktop não comum
Desktops alternativos (Enlightenment, Blackbox, Fluxbox, etc) dão um novo aspecto ao sistema, e além disso, oferecem outras vantagens de segurança espectaculares.
Como a maior parte dos utilizadores não sabe como usar esses desktops, não vão fazer grande coisa, pois não terão qualquer ideia de como alcançar os ficheiros. É simplesmente pseudo-segurança.

9. Desligar serviços é o melhor
Isto é um PC. Não é um servidor. Porquê então correr serviços como httpd, ftpd, e sshd? Corrê-los quando não são necessários cria riscos de segurança, a não ser que se saiba como os bloquear. Então, não os corra. Verifique o ficheiro /etc/inetd.conf , e desligue todos os serviços não necessários, comentandoa linha. Simples mas eficiente.

Retirado, adaptado e traduzido de Techrepublic.com por Snuffy

Snuffy
Admin
Admin

Número de Mensagens : 87
Idade : 36
Localização : Ferro
SO preferido: : Debian & Companhia
Data de inscrição : 05/07/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum